Própolis e mel

Desespero de todos os pais, filho doente. Meu Theo, por ser de creche desde pequeno, pega muita virose e vive (vivia?) doentinho. Ele tinha sem brincadeira alguma, febre por algum motivo, média de 2x no mês. Não teve 1 mês até os 3 anos e 3 meses de vida, que meu filho não tivesse febre pelo menos uma vez. E ao longo desses anos, já viramos nosso filho de cabeça pra baixo, vários médicos diferentes, exames e muitos remédios/antibióticos/imunoestimulantes. Nada foi comprovado, ele não tem nenhum tipo de alergia e a imunidade dele vai bem, obrigado. Está super bem assistido por sua pediatra, homeopata, imunologista e pneumologista.

Uma atitude nosso mudou a situação, de uns tempos para cá (tipo uns 3 meses) e eu não posso deixar de acreditar no poder curativo de uma receitinha caseira, o bendito mel com própolis. Uma amiga falou de uma receitinha que a mãe dela (obrigado, Dna. Nice!) usa sempre em sua filhinha, eu internalizei de começar a tentar e desde que começamos a dar por conta própria todo santo dia, uma colherinha  (café) de mel com 2 gotinhas de própolis. Theozuco filho melhorou absurdamente! Não é toda gripe que derruba, não é todo funga-funga e tosse que evolui. Isso já vai para uns quase 3 meses.

Lendo mais sobre o poder do própolis, achei que valia um post.


O que é o própolis?
Ele é uma resina vegetal encontrada em diversas plantas que as protege contra parasitas, bactérias e outros agentes contaminantes. As abelhas perceberam isso e passaram a recolher o própolis das plantas para utilizá-lo no lugar mais vulnerável de toda casa, a entrada.

Apesar de ser possível encontrar o própolis por toda a colmeia, é na entrada que a sua concentração é maior, evitando que qualquer doença ou sujeira entre na casa das abelhas. Além de desinfetar e evitar a entrada de vírus e bactérias na colmeia, o própolis também funciona como proteção térmica mantendo a temperatura ideal para as abelhas e suas larvas. E não é só para as plantas e abelhas que o própolis faz bem, mas para humanos também!

Se antigamente os benefícios do própolis eram resultado da simples observação, hoje vários estudos apontam que o própolis é realmente um dos antibióticos naturais mais antigos do mundo!

É claro que em casos graves de infecção e de algumas doenças não devemos nos tratar apenas com o própolis e que é sempre fundamental consultar um médico antes de qualquer tratamento, mas uma ajuda natural para aliviar os sintomas sempre é bem-vinda não é mesmo?

E no caso das bactérias, a vantagem do própolis é que ele consegue agir apenas sobre as nocivas, preservando as bactérias que são boas para a saúde, como por exemplo, as que vivem no trato intestinal. Por ser antiviral e antifúngico, o própolis ajuda a proteger todo o trato respiratório e a evitar resfriados, gripes, pneumonias e bronquites, além de possuir um leve fator anestésico e aliviar os sintomas de amidalites, dor de garganta, de dente, aftas, entre outras.

É também um ótimo tônico do sistema imunológico, estimulando a produção de anticorpos e combatendo infecções. Ajuda a tratar feridas, dermatites e úlceras.


Então, qual o resumo disso tudo? Por experiência própria, você não vai sair do consultório com o seu filho catarrento, com febre e com uma receita de mel com própolis. Isso não é SOS, é tratamento diário. Não sou médica, confio muito na opinião da nossa pediatra, mas essa santa colherada diária nós não abandonamos mais. Salve o mel com própolis!

PS: Crianças menores de 1 ano de idade, não podem consumir mel. Converse com o pediatra do seu filho.

Você também pode gostar de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *